terça-feira, junho 29


A sorte continua comigo...
E num é que antes de ontem Sir Macca cantou digratis dinovo, só que agora aqui em Hide Park!
E num é que pudemos curti-lo outra vez!
E num é que minha farra por UK termina amanhã de manhã, qdo retorno a Dublin pra mais quatro dias e, depois, BABAU ! De volta à lesma lerda brazuca de sempre...
E num é que hoje sequei as últimas pretas londrinas...
E num é que ontem faturei meia dúzia de negonas nas costas de um irlandês bebum, que teimou em apostar no Chile...
E hoje não ganhei nenhuma, mas vi o penteado do Cristiano Ronaldo se desfazer todinho...
E num é que não tive nem tempo e nem pernas ou dedos, pra descrever a tristeza dos londrinos com a eliminação...
E num é que hoje descarreguei um barrão lá na casa da Beth, em Windsor...
E num é que ontem fui me empolgar pra isso em Baker Street 221b:
Elementar, meu caro Watson...

2 comentários:

Anônimo disse...

Naquela época era rock´n roll, hoje é funk na favela;

Naquela época, queimavam-se sutiãs, hoje, queimam-se indíos, mendigos, pessoas comuns;

Naquela época, lutava-se pela liberação absoluta de tudo, até que chegou a um ponto onde tudo e mais uma pouco foi liberado.

Hoje, lutamos para que nem tudo seja liberado, dada a falta de limites em tudo, no respeito ao próximo e em todas as esferas da sociedade.

Anônimo disse...

http://twitter.com/Viuvas